março 21, 2014

DOME HOME por Steve Areen, Thailand

Eu sempre acho tão legal ver projetos de casas fora do convencional, construídas ou não por seus próprios moradores, mas com certeza construída "na medida" para suas necessidades e de acordo com o lugar onde estão inseridas.

E vamos combinar, que um ser humano não precisa de uma super mansão de 360 suítes para viver bem... e estou começando a acreditar também que, muito menos para ser FELIZ!

Em 2011 Steve Areen ganhou de uma amigo uma área onde ele pudesse construir uma casa ao Norte da Thailandia. A idéia era construir uma casa rapidamente - 6 semanas - e com um custo muito baixo. Pois bem, Areen gastou por volta de U$ 6000 com a construção e U$ 3000 com mobiliário... e ficou incrível!!

Vamos ver??

A Área









E agora a Casa Domus pronta:
















Namastê 

Um grande abraço!

Daniela Prieto

julho 12, 2013

VAMOS PLANTAR?? - Suculentas no vidro

Olhem só esse arranjo lindo de Suculentas/ Cactos no vaso de vidro...
Camada de pedrinhas no fundo e na base. Ficou lindo!!

fonte: abeautifulmess.com
Um abraço,
Daniela Prieto

junho 20, 2013

MUDA BRASIL - #changebrazil

Depois de tanto tempo sem postar por aqui, não poderia deixar de registrar um momento tão importante para o nosso povo brasileiro. 

Desde que nasci, sempre ouvi falar dos movimentos contra a Ditadura militar, Diretas já... Lembro-me em 92 do manifesto popular para o Impeachment do Presidente Collor, onde os "caras pintadas" invadiram às ruas exigindo um País melhor.

Passaram-se mais de 20 anos desde então, e hoje me pergunto o que realmente mudou na vida política do nosso País. O desenvolvimento econômico veio sem dúvida, na minha opinião veio muito mais por "osmose" do que por merecimento... moeda "estável", privatizações, "bolsa família", poder de compra... 

Mas, o DESENVOLVIMENTO político, social, educacional, urbano... esses pararam no tempo!

Os políticos, a grande maioria, ainda são culturalmente eleitos para roubar, "se dar bem"... As classes mais baixas possuem carro zero quilometro, tvs de led 50", i-phones, i-pads, computadores (à prestações a perder de vistas). Mas, contraditoriamente não possuem: ESCOLAS, HOSPITAIS e TRANSPORTE públicos minimamente compatíveis com as altas taxas de impostos que somos obrigados a desembolsar a cada respiro.

O TRANSPORTE PÚBLICO em especial, o tema mais discutido aqui no blog, protagoniza um grande movimento atualmente. Após 20 anos adormecido, milhares de centenas de pessoas vão às ruas de todo o País (e fora dele) clamar pela MUDANÇA!

As manifestações começaram e o estopim foi o aumento das tarifas da passagem de ônibus que passaram de R$3,00 para R$3,20. No decorrer das manifestações, mais e mais temas foram incluídos... super faturamento na construção dos estádios de futebol para a Copa do Mundo do ano que vem, PEC 37, infra estrutura urbana, Educação, Saúde, Corrupção,...

Quanta coisa entalada na garganta do brasileiro! 

Ontem, 19 de junho de 2013, ouvimos em rede nacional o Sr. Governador do Estado de São Paulo e o Sr. Prefeito proferirem que acatarão às Manifestações e revogarão o valor da passagem que volta a ser de R$3,00.

Enfim, descobrimos que nós, pobres anônimos mortais, juntos podemos MUDAR!!

Ainda falta todo o resto! Mas, eu espero que a lição seja aprendida. Que a fome de MUDANÇA não seja saciada por R$0,20!!

Pra frente Brasil!!!

Daniela Prieto

Imagens da semana
fonte : UOL

SÃO PAULO





BRASÍLIA


NO MUNDO




Os manifestos continuam...

Um grande abraço.

março 14, 2013

HOJE EU RESOLVI MUDAR... - São Paulo

Nossa, essa semana peguei pesado na questão do transporte e mobilidade urbana em São Paulo. Pois é, me empolguei mesmo... essa questão do transito não sai da minha cabeça e juro que gostaria de encontrar uma possibilidade menos traumática para me locomover nessa cidade!

Como falei AQUI eu estava super decidida a deixar o carro em casa e a enfrentar o transporte público. Mesmo sabendo de todos os problemas e deficiências, tomei coragem e por mais louco que possa parecer, não foi tão ruim assim! Hoje vou falar especialmente a voce, que assim como eu, faz do seu veículo próprio seu principal meio de mobilidade.

Ao meu ver, o que realmente enfraquece o sistema de transporte é o ÔNIBUS e infelizmente é o sistema predominante aqui em Sampa. Se não fosse por ele, eu teria quebrado meu recorde de ida ao trabalho.

Pois bem, vamos lá... como já cansei de falar aqui, eu moro na Zona Norte da cidade e meu bairro é distante da estação de Metrô mais próxima. 

Saí de casa no mesmo horário que saio de carro todos os dias - meus 19km são vencidos normalmente com 1 hora e 10 minutos... 

Então sai de casa e fui a pé ao ponto de ônibus mais próximo - 1 quarteirão! Tranquilo...

Não tinha muita gente quando cheguei por volta das 7:10 am mas, aos poucos foi aumentando... e detalhe para esse equipamento urbano chamado: Ponto de ônibus que deveria abrigar as pessoas... (sem comentários!)

 Todos os ônibus que passavam vinham beeeem cheioooo. (quase desisti...rs... brincadeira!)

O ônibus que eu deveria pegar passou uns 10 minutos após minha chegada no ponto, mas estava tão cheio que o motorista nem parou... esperei por mais 20 minutos até a chegada do próximo. As 7:40hs consegui entrar. Só entrar porque se locomover dentro do ônibus é missão impossível...ja passaram 30 minutos que saí de casa e ainda não tinha ultrapassado do quarteirão... 

Para minha sorte, em 15 minutos eu já estava na estação do Metrô - Portuguesa-Tietê... as 7:55hs. (e eu pensando que a esta hora eu estaria passando pelo Anhangabaú se estivesse de carro). Mas, aí tudo mudou... e foi só alegria até chegar no destino final... não que estivesse vazio, mas é tão rápido que nem senti...

Da estação Portuguesa-Tietê fui até a Luz para me transferir para a Linha 4 amarela  ou "fazer uma baldeação" como nós paulistanos falamos. Uma caminhadinha básica e sobe e desce escada que não acaba mais... mas, bem tranquilo também...

Cheguei na plataforma da Linha 4-Amarela...muito chique essa linha, eu ainda não tinha usado - a mais nova, toda modernoza. A plataforma com essas portas me fez lembrar das estações de Paris.

O trem me fez lembrar do metrô de Barcelona, sem separações entre um vagão e outro... parece uma minhocona gigante... voce vê o "infinito"...rs - Olha aí o horário: 8:14hs, em 19 minutos cortei a cidade inteira, do Tietê à estação Pinheiros! Amo METRÔ!!!

Na estação Pinheiros, mais uma novidade para mim... eu também nunca tinha utilizado TREM-CPTM aqui em São Paulo... Fiz outra transferência, mais sobe e desce, passei por uma passarela sobre as vias da Marginal e fui parar lá pertinho do Rio.

Seria bonito se não fosse o fedor... judiação do nosso Rio! Fiquei com vontade de andar de bicicleta na ciclovia gigante ao lado da linha do trem. Plataforma lotada, mas eu fiquei feliz de saber que eu estava CHEGANDO!


E duas estações depois, já estava chegando na Vila Olímpia - meu destino final! As 8:23hs saí da estação!




Conclusão:
30 minutos no Ponto de ônibus
15 minutos dentro do ônibus
28 minutos nas dependências do Metrô/CPTM
4 minutos caminhando da estação Vila Olímpia ao trabalho.
Meu trajeto

Percurso da porta da minha casa à minha mesa de trabalho: 1 hora e 17 minutos! 
Mesmo com toda a deficiência do transporte público em São Paulo, mesmo esperando 30 minutos por um ônibus, praticamente empatou com a corrida de carro!

Gasto total: R$4,65 (utilizei o Bilhete único)

Acho que vou me aventurar mais vezes!! Agora torçam por mim na volta...

Um abraço a todos!
Daniela Prieto

Sites importantes:
http://www.metro.sp.gov.br/
http://www.sptrans.com.br/



março 13, 2013

PONTOS DE ÔNIBUS - São Paulo

Desde o final do ano passado foi inciada a instalação de novos pontos de ônibus na cidade de São Paulo, fruto de licitação os modelos escolhidos são do designer Guto Indio da Costa:

Brutalista

Estação (para corredores de ônibus)

Minimalista com ginga (para locais onde há prédios históricos - esse está em frente ao Teatro Municipal)

Minimalista estruturado

Este último modelo já foi instalado nas avenidas Sumaré e Dr. Arnaldo... serão 1.400 pontos trocados até o fim de 2013 e 12.000 até 2017.

Ainda falta a comunicação visual com descrição das linhas que passam pelo local. De acordo com os usuários, pela cobertura ser de vidro, não é muito eficiente em relação a claridade e conforto térmico. Mas cá pra nós, os modelos são bem bonitos, elegantes e não agridem a paisagem. 





E aí, aprovam??

Um abraço,
Daniela Prieto